Porque o Mexico foi o nosso melhor destino até agora

Chichen Itza

Mexico é um desses paises do mundo que tem historia de mais de 3000 anos. A evidencia disso está nas mais de centenas de ruinas espalhadas pelo pais e que ja foram descobertas. Nos fomos a Teotihucan, Monte Alban, Mitla, Chichen Itza, ainda tem ruina até no centro da Cidade do Mexico. Todas elas com suas proprias carateristicas e historia, mas todas de deixar qualquer um de queixo caido. Se ruinas nao for a sua praia, existem ainda dezenas de cidades de estilo colonial que mostram a influencia espanhola com seus predios coloridos e outras tantas igrejas de dar nó no juizo.

Se a arquitetura nao for suficiente, ainda dá pra apreciar a arte mexicana em varias outras formas. Mexico é artisticamente tão rico que às vezes fica dificil de engulir tanta informação. Pra começar cada cidade tem os seus mercados com objetos de cerâmicas, madeira, prata e varias outras peças de tecido, tanta coisa na sua frente que voce não sabe por onde começar. Andar nas ruas tambem atiça os ouvidos com o som dos vendedores ambulantes e de tantos outros musicos de rua que estão tentando ganhar um trocado. Ainda existe a comida que pra gente foi um show a parte e merece um relato separado. Finalmente, podemos dizer sem duvida que a Cidade do Mexico foi a cidade que mais vimos arte espalhada pelas ruas, seja em forma de estatua, pinturas, edificios comemorativos ou “otras cositas mas”, que fizeram essa cidade singular para “nosotros”.

Ainda falando um pouco de arte, nos demos umas saidas na noite da capital, Guadalajara, Puerto Vallarta e Playa del Carmen e notamos que os mexicanos adoooram uma FESTA. Eles nao se cansam de tomar umas num bar e sair pra dançar. Me lembrou muito um povo de um pais enorme mais ao sul que tem uma festa de 5 dias chamada Carnaval.

Montanhas num vale em Oaxaca

Uma outra interessante caracteristica é sua geografia. O pais é o decimo quarto maior do mundo em area, é banhado por dois oceanos e tem no meio uma enorme cadeia montanhosa que é cheia de vales e florestas. O azul do Caribe é de uma cor que ainda está impregnada na minha memoria, alem dos cenotes com visibilidade de quase 100 metros.

Nos tivemos muita sorte com relação ao tempo, mas não sei se vale a pena viajar entre julho e novembro, durante a temporada de furacão. Alem disso nao dá pra esquecer que no Mexico existem dezenas de terremotos todos os anos e que não podemos prever esses fenomenos.

Mudando pra economia, não foi dificil perceber que esse foi o pais mais rico onde estivemos. As estradas, os predios modernos na capital, tudo muito limpo e em alguns lugares uma infraestrutura de turismo que me fazia perguntar se estava nos Estados Unidos ou Europa. Mas ainda podemos ver muita pobreza em todas as cidades, carros velhos nas ruas, a poluição da capital e o modo modesto das pessoas se vestirem nao nega que estamos em um tipico pais da America Latina, onde a dicotomia ainda é a regra. Eles tem o peso mexicano como moeda e 1 dolar vale cerca de 13 pesos. Uma cerveja num bar custa entre US$ 1,70 e 2,30. Mas um taco no meio da rua custa US$ 0,75 ou apenas 10 pesitos.

Mas a caraterisitica mais interessante que descobrimos nesse pais, nao foi a geografia, a arquitetura ou a arte, mas sim o seu povo. Que povinho mais LEGAL e BACANA. É dificil até escrever sobre isso, pois só indo ao Mexico pra sentir na pele. Não interessa se você vai num restaurante na capital, ou pedindo ajuda pra saber onde é o mercado em Oaxaca, ou se estamos num bar ou boate em Puerto Vallarta, num hotel em Playa del Carmen ou mesmo na casa de alguém em Guadalajara. Todo mundo vem logo com um sorriso enorme no rosto, querendo te ajudar e logo perguntam de onde você é, se você está gostando do México e às vezes inda querem saber mais sobre você e sua vida. Eles nos trataram tão bem que em algumas situações nos ficamos um pouco envergonhados, pois não queriamos dar trabalho.

Nossos primeiros anfitriões no Mexico

Com montanhas, ruinas milenares, mercados gigantes, dois oceanos, uma culinaria invejavel, os melhores anfitriões que tivemos até agora, fauna e flora pra esbanjar a grande maioria dos paises, lindas cidades coloniais espalhas pelo pais, uma cultura tão rica e diversa em cada região do pais e tudo isso num preço muito especial, fizeram do Mexico o melhor destino que estivemos até agora. E já estamos percebendo que vai ser dificil de outro pais desbancá-lo.

PS: Não podia deixar de mandar hoje um beijão pra minha mãe que está completando mais um aninho de vida. Queria muito ta por aí mãe, mas tamos chegando…

 

This entry was posted in Mexico, Resumindo cada pais and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Porque o Mexico foi o nosso melhor destino até agora

  1. Telma says:

    Ou Marcelo, que relato lindo! Fiquei babando e já comentei com seu pai que breve conheceremos tão lindo país. Brigadão pelos parabéns. Falta pouquinho para ter vocês conosco. Um grande beijo. Mamãe

Comments are closed.